terça-feira, 24 de junho de 2014

Eu Vou Fazer 20 Anos...

eu vou fazer 20 anos. e como eu queria ter aprendido com quinze as coisas que eu sei hoje. teria evitado todos aqueles excessos. todos aqueles estresses. toda essa ansiedade que vai corroendo a gente por dentro, e toda essa pressa de viver como se a gente fosse morrer no dia seguinte. pois o mocinho sempre fica vivo no final da história, e descobre que a princesa é uma boneca inflável, e o príncipe um sapo. e quando você se torna uma careca equilibrada sobre uma barriga de cerveja, ou uma cabeleira sedosa sobre uma pança, você descobre que os filhos nascem. e que eles comem, comem, e cagam. mas que o sorriso de um deles, vale mais que qualquer flerte. se eu pudesse voltar no tempo teria limpado os meus ouvidos, e prestado atenção quando eles me diziam, você vai se ferrar por isso! eu não quis acreditar, mas pera-lá... eu era muito novo. pelo menos estou vivo. quantos da minha geração morreram assassinados. morreram de overdose. quantos estão jogados nas ruas, entregues a bebida, ou ao crack, ou derramados no pó, como se diz por aí. pelo menos eu estou vivo. tenho um trabalho. tenho saúde. não me lincharam, e nem me estupraram neste país perigoso em que nós vivemos. não contraí nenhuma doença em noites sem preservativo. nunca tirei a vida de ninguém. e ninguém tirou a minha. ninguém me prejudicou. e não me matei como tantos fizeram, direta, ou indiretamente. que ótimo poder respirar num dia nublado, ou ensolarado. com, ou sem dinheiro. sozinho, ou acompanhado. e que bom poder fazer vinte anos de carreira...

Nenhum comentário:

Postar um comentário