quarta-feira, 12 de março de 2014

Volta, Elias...

volta Elias... porque o seu sorriso, e o sorriso do seu filho Davi, me lembram o sorriso dos meus sobrinhos, que parecem nos iluminar. porque tudo ficou mais difícil sem você, o calor voltou, e as pessoas estão mais estressadas, e só faltam esganar umas as outras no meio da rua. e voltaram aqueles linchamentos terríveis aqui no Rio de Janeiro. e as brigas nos estádios, e o racismo nos estádios. volta, Elias. nós prometemos te blindar contra os racistas. volta, Elias, pois sem você fica muito mais difícil aturar as ruas sujas, e ver os irmãozinhos viciados em crack. volta, Elias, pois os meus netinhos portugueses me disseram que eles também querem te ver em campo, jogando. e porque inocentemente, eles acreditam que dessa forma, talvez consigam reparar alguns equívocos de seus ancestrais. volta, Elias, porque os braços do Cristo estão sempre abertos para você. volta, Elias, porque sem você nós vemos o quanto as ruas estão sujas. volta, Elias, porque depois que você foi embora, o gigante cochilou novamente. volta, Elias, porque aumentaram a passagem depois que você foi embora, e chegar ao trabalho virou uma aventura. volta, Elias, para que a gente não fique pensando que o  futebol é só dinheiro, e que a vontade dos jogadores, e dos torcedores não importa. volta, Elias, e quando você voltar, aproveita para diminuir o preço dos ingressos, por favor. volta, Elias, porque sem você, nós ficamos cada vez mais deprimidos, e sendo assim bebemos mais, fumamos mais, tomamos mais remédios, mulheres são agredidas, falta escola, creche, leitura, e o número de vítimas da violência, aumenta, sem você. volta, Elias, volta para nos consolar um pouco. e para que os gringos não usem o futebol brasileiro para fazer turismo sexual, e que nenhum estrangeiro tenha que passar pelo que a gente tem passado nos dias que eles estiveram aqui. volta, Elias, porque sem você as obras tem acabado com a Penha. e a poeria tem sujado os nossos pulmões. porque não há vaga nos presídios que não recuperam ninguém. volta, Elias, se ajoelha, pede a Deus, deve existir algum jeito de se alcançar o coração desses homens de terno, que conseguiram acabar com a música, e agora querem acabar com o futebol. volta, Elias, porque o Seu Elias quer que você volte. volta, Elias, para que hoje a gente não tenha um buraco em campo, e outro no coração. volta, Elias, porque você está aí sozinho, e tem uma multidão aqui, sonhando com a sua volta. volta, Elias, porque quando você faz um gol, ou dá um passe para um gol, tudo aquilo que é ruim, desaparece naqueles breves minutos, que poderiam durar a vida inteira, e que são um refrigério para as nossas almas. volta, Elias, pois quem perde é o futebol. volta, Elias, porque senão, quem vai embora sou eu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário