quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Só Falta Cair Fogo Do Céu!

a senhora que vende ervas medicinais dorme com o cachimbo na boca em frente ao supermercado Prix. eu leio a capa do Meia Hora em pé no trem. neste calor fica todo mundo bêbado. e nervoso. os carros cobrem as calçadas. empurro o carrinho de bebê do meu sobrinho pelo meio da rua. com medo. mas se pedisse alguma coisa ao prefeito, ele perguntaria onde eu moro, e depois daria uma gargalhada encerrando o assunto. como se eu fosse muito engraçado. a cidade tá pegando fogo. funk, tiro, só pedrada! e bala quase sempre perdida. vejo a correria da cidade, que alarde, Chico Buarque! formigas que trafegam sem porquê, Raulzito! eu sempre vou contra o fluxo. ou ando de trem o máximo possível... quer dizer, quando sou obrigado. embora a SuperVia seja do peru, vou te contar, hein?! meu Deus do céu! sei que não vou por aí, José Régio. não se devia mais construir estradas. é preciso acabar com os carros. e impedir que os carros entrem no centro. e preservar os prédios antigos que contam a nossa historia (lá fora tem pontezinha da idade media preservada). aqui dá cem anos, alguém bufa, bota-abaixo esta merda... e a nossa língua, e nossa cultura. mas é preciso olhar para o mundo, e para o futuro. e se preocupar com os menos favorecidos em suas capacidades. é preciso incentivar a leitura. justiça sem corrupção. saúde humanizada. é preciso uma escola que funcione, e que tenha tempo para educar, e lidar com as diferenças. mas é preciso antes de tudo deixar de ser hipócrita. os japoneses reconstroem o país todo ano. a gente não consegue acabar com a mesma seca de sempre. e com os mesmos deslizamentos de sempre. nada mudou, e será que alguma coisa mudará? se na última rodada aconteceu aquilo, imagina depois que terminar a copa? eu amei a atitude do Luiz Alberto do Atlético Paranaense que gritava, são seres humanos! ele tremia em seu estarrecimento como todos nós devíamos tremer perante aquelas cenas que a televisão não se cansava de reprisar. mas o Haiti é aqui sim, Gil, e Caetano, o Haiti, o México, a Índia, nós somos os pobres do mundo... e dentro do supermercado um coroa grita, só falta cair fogo do céu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário