quinta-feira, 5 de abril de 2012

Marília Gabriela

Ele tomou um trago e disse: o Gianechini deu um beijo na Marília ontem. Eu disse: é, fiquei sabendo. Ele jogou o sal na mão novamente, e deu outro trago. Uma mulher bonita daquela, rapaz. Madura. Jornalista. Inteligente pra cacete. Aquilo não é mulher pra nós, não. Eu disse a ele: nós é tudo pequenininho... nós é igual aqueles lá que o Boris falô, tá ligado? O moleque deu sorte! Ele disse. Tomara que ele se recupere logo. Deve ser chato pra burro não poder ficar do lado daquela mulher o tempo todo. Ainda mais agora que ela deu um beijo nele. Eu viajei um pouco. O meu avô me cortou dizendo: agora pega a pá que ainda tem que tirar esse entulho todo do pátio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário